Chegou ao fim mais uma viagem neste Festival N2.

 

Foram dois anos de trabalho, luta e dedicação, num caminho que se mostrou acidentado nas vidas de todos.

 

Foram inúmeras as incertezas durante a preparação da edição de 2021.

Foi forçado o abandono da casa de sempre e o afastamento ao Km0.

Foram incontáveis os medos, os receios e a pressão em preparar aquele que ficará na história como um dos primeiros festivais e eventos de grande dimensão a acontecer em contexto pandémico no país.

Ainda assim, a viagem aconteceu e não poderia ser antecipado um destino tão bonito e seguro como aquele a que chegámos.

 

O primeiro agradecimento por parte da produção do festival será sempre para o Município de Chaves, na pessoa do Dr. Francisco Melo, pela coragem de levar em frente esta edição e confiar que esta chegaria a um lugar seguro com o trabalho de todos. Por manter a vontade de devolver música e a normalidade possível à vida dos que cá vivem e dos que nos visitam.

 

Depois, aos artistas que num ano de cancelamentos e adiamentos confiaram que o trabalho sério que estava a ser feito seria suficiente para garantir a segurança de todos, e nos presentearam com momentos de música de absoluta magia e que todos necessitavamos já há bastante tempo.

 

Um agradecimento muito especial também à Unidade de Saúde Pública do Alto Tâmega e Barroso, que se mostrou disponível e presente em todas as fases de desenvolvimento desta ideia para nos guiar num ano de limitações necessárias.

 

O público que marcou presença foi também exemplar, merecendo um agradecimento por ter permitido que todas as normas impostas fossem tomadas com normalidade e sem desafiar o bem-estar de todos ou comprometer a segurança do evento. Foi o comportamento do público que permitiu que a viagem seguisse sem impedimentos.

 

O agradecimento final tem de ser dirigido à gigantesca equipa desta edição do Festival N2. São mais de 80 pessoas entre equipas do Município de Chaves, de produção, seating, serviços, limpeza, segurança, som, luz, palcos e profissionais de saúde.

 

O sucesso desta edição não pode banalizar o valor do trabalho desta equipa, que fez o que muito poucos fizeram num ano como este. Foram combustível que embalou a viagem e deu a energia necessária a este longo caminho.

 

Há infinito orgulho em cada um de vocês!

 

A viagem repetiu-se na certeza de que há ainda muito caminho a descobrir. Com sorte, poderemos descobri-lo sem restrições e distância numa próxima edição, em que poderemos voltar a abraçar-nos e partilhar histórias dos trilhos traçados.

 

Obrigado a todos.

Foi uma edição histórica e é de todos nós

 

© 2021

 

ORGANIZAÇÃO: MUNICÍPIO DE CHAVES | PRODUÇÃO: INDIEROR

 

 

FACEBOOK | INSTAGRAM